Zoologia dos Invertebrados Superiores: Filo Platyhelminthes – Classe Trematoda

Atualizado: Jul 13

Os indivíduos pertencentes à Classe Trematoda, são patogênicos humanos (chamados também de fascíolas) e por isso, são mais especializados que os grupos anteriores (Turbellaria e Monogenea). Apresentam neoderme, camada que substitui a epiderme e que neutraliza a ação digestiva de seu hospedeiro. A sua forma corpórea varia entre oval e alongada. Apresenta ventosas, uma situada na região anterior do corpo do animal e denominada ventosa ou acetábulo oral, pois contém a boca e auxilia na obtenção de alimento, e outra situada na região posterior do corpo, denominada ventosa ou acetábulo ventral. Esses vermes têm em seu ciclo de vida de 2 a 4 hospedeiros, sendo 1 sempre o hospedeiro primário (nesse caso, um vertebrado que comporta o animal em sua fase reprodutiva) e os demais, hospedeiros intermediários (nessa caso, um ou mais invertebrados que comportam o animal em sua fase jovem/não-reprodutiva).


ALIMENTAÇÃO E TRATO DIGESTIVO

Se alimentam de tecidos de seu hospedeiro, seu sistema digestório é incompleto, isto é, possui boca mas não possui ânus, a faringe, em maioria, é probóscide e têm 1 ou 2 cecos intestinais.


EXCREÇÃO E OSMORREGULAÇÃO

A excreção é realizada por difusão e a osmorregulação pelos protonefrídeos (se quiser saber mais de como os protonefrídeos atuam e qual seu papel na excreção é só clicar aqui!).


REPRODUÇÃO

Quando falamos em reprodução é importante destacar que, nesse momento, a maioria é monoíca (por exemplo, o Schistosoma mansoni é uma espécie que é dióica, logo a característica varia de espécie para espécie), a fecundação é interna e cruzada. Possuem 2 testículos primitivos e o aparelho reprodutor feminino é denominado oótipo e agrupa ovário e útero. A cópula ocorre através do átrio genital, em que o espermatozoíde entra no animal pelo átrio genital e se instala no receptáculo seminal, onde ocorre a fecundação. O ovo desses animais é ectolécitos, logo contam com a participação de glândulas como as vitelínicas e as oviducais/de cimento), e é eliminado pelo átrio genital. A vida é mesoparasítica, apresenta 1 ou 2 fases embrionadas e pode haver uma fase encistada (metacercária).

Referências:

Zoologia dos Invertebrados- Ruppert e Barnes- 6ª edição;

Aulas do Professor Valter José Cobo.


Acesse à playlist de Zoologia para ver todos os vídeos dessa matéria maravilhosa

0 visualização
Siga o Bertobio!
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Nos encontre também no Instagram!

@biologiaparaavida
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco