Sistema reprodutor feminino

Oi biologuínhos, tudo bem? Como já fizemos um post sobre sistema reprodutor masculino, nada mais justo que estudarmos também o sistema reprodutor feminino.


Assim como no masculino, temos a parte do sistema reprodutor feminino humano que é visível à nossos olhos, que chamamos de órgãos externos, sendo eles os lábios maiores, menores e o clitóris. Os lábios maiores servem basicamente para proteção, enquanto que os menores delimitam a abertura da vaginal e a abertura da uretra. Por fim, temos o clitóris, estrutura que, assim como o pênis encontrado nos indivíduos do sexo masculino, apresenta a capacidade erétil e, graças a grande quantidade de terminações nervosas, é uma região muito sensível para as mulheres.




Muitos se referem a parte visível do órgão reprodutor feminino como vagina, sendo que na verdade a mesma representa o canal em que o órgão copulatório masculino é introduzido para reprodução. Útero é o órgão no qual o feto se desenvolve e é o que sofre consequências na menstruação: quando há a queda abrupta de progesterona, o útero elimina parcialmente o endométrio, uma de suas camadas, e, por esta ser extremamente vascularizada, temos o sangramento característico de cada mês.


Já falamos que o feto se desenvolve no útero, mas precisamos destacar que a fecundação ocorre nas tubas uterinas que basicamente estabelecem uma ponte entre o útero e o ovário, estrutura que produz os gametas e hormônios femininos.



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo