Sistemática Vegetal: Polinização

Atualizado: Jul 14

Polinização é a transferência de grãos de pólen da antera para o estigma. Para que a polinização ocorra, é necessária a ação de agentes polinizadores, sejam eles bióticos ou abióticos.


Agentes polinizadores bióticos: cantarofilia (besouro), psicofilia (borboleta), melitofilia (abelha), quiropterofilia (morcego) ou, até mesmo, artificial (homem); Agentes polinizadores abióticos: hidrofilia (água), anemofilia (vento);


PRINCIPAIS RECURSOS FLORAIS

Néctar: glicose+sacarose+frutose+aminoácidos+óleos. *O nectário pode ser floral (epitelial, mesenquimal ou tricomático) ou extra floral. Pólen: proteínas+carboidratos+aminoácidos+lipídeos+minerais+enzimas; Óleo: produzido nos elaióforos (usado para “construir” ninhos); Exudado estigmático: lipídeos+açucares+aminoácidos+fenóis+alcaloides; Perfumes: terpenos (produzidos em osmóforos), estabelecimento de rotas de voo;


ATRAÇÃO

–Forma; –Cor: quanto mais clara a cor, menos néctar;

  • Abelhas: se atraem por amarelo e púrpura;

  • Borboletas: se atraem por vermelho, amarelo, azul, rosa e laranja;

  • Aves: se atraem por vermelho;


TIPOS DE POLINIZAÇÃO

  • Autopolinização: polinização direta/autogamia;

  • Geitogamia: outra flor da mesma planta poliniza;

  • Alogamia/Xenogamia: polinização indireta/cruzada;

Fatores físicos: heterostilia (estiletes em tamanhos diferentes), hercogamia (separação espacial entre anteras e estigmas), monoicismo (monoíco em flores separadas), diocismo (masculino e feminino). Fator temporal: dicogamia (amadurecimento das partes sexuais em momentos diferentes – protogenia ou protrandria); Fator genético: auto-incompatibilidade;


SÍNDROMES

Anemofilia: sem cor, possui bráctea, muitos grãos de pólen e anteras longas;

Hidrofilia: epihidrofilia (acima do nível da água) ou hipohidrofilia (abaixo, mergulhado);

Melitofilia: todas as abelhas, mecanicamente forte, associada a flor mais fechada, amarelo ou azul, zigomorfia (pétalas desiguais), guias de néctar, odor fresco, órgãos sexuais “guardados”, muitos óvulos;

Cantarofilia: besouros, cores pálidas, órgãos sexuais expostos, muito pólen, odor de fruto fresco, robustas;

Psicofilia: borboletas, tubulares e estreitas (probóscide entra para buscar o pólen), amarelo, roxo, azul e sem perfume;

Falenofilia: mariposas, tubulares e estreitas, brancas e odor adocicado;

Miiofilia: moscas, cores claras, guias de néctar (fácil acesso) e órgãos sexuais expostos;

Malecofilia: moluscos, pouco frequente;

Ornitofilia: aves, tubulares ou pendentes, sem odor, cores fortes, plataforma de pouso, muito néctar pobre em açúcar e ovário protegido;

Quiropterofilia: morcegos, cores claras, odor noturno forte e dura apenas uma noite;

Terofilia: roedores, cores escuras, muito néctar;


Referência:

Aulas do Professor João Carlos Nordi- Universidade de Taubaté

8 visualizações
Siga o Bertobio!
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Nos encontre também no Instagram!

@biologiaparaavida
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco