Proteínas | Parte II

Atualizado: Jul 5

As proteínas possuem funções muito importantes e duas delas eu estarei destacando nesse post, são elas: defesa do organismo e enzimas.

Proteínas de defesa Tanto o antígeno (proteína estranha = agente invasor) quanto o anticorpo (neutraliza o antígeno) são proteínas. Os anticorpos são os responsáveis pela defesa e proteção do nosso organismo contra agentes invasores como vírus, bactérias e protozoários. Como ocorre a produção dos anticorpos?

Como ocorre a produção de anticorpos? Quando um antígeno entra na corrente sanguínea, o macrófago fagocita (“come”) essa proteína estranha. Após o reconhecimento, ele “avisa” o linfócito TCD4 para que ocorra a produção de anticorpos contra aquele agente invasor. Enquanto o linfócito B produz anticorpos e células de memória (o que significa que da próxima vez que esse mesmo invasor entrar na corrente sanguínea não será necessário todo o processo de produção do anticorpo), o linfócito TCD8 “mata” as células que estão infectadas. Porém, em diversas situações essa produção demora muito, fazendo com que o paciente venha a falecer e a solução para esses casos são as vacinas (prevenção) e os soros. A vacina é uma imunização ativa em que é injetado o agente invasor inativado (celular) ou a proteína (acelular) desse agente para que haja a produção de anticorpos sem que a pessoa seja infectada. É uma medida preventiva e produz células de memória. A resposta imunológica da vacina ocorre da seguinte maneira:

O primeiro contato há uma produção menor de anticorpos em uma maior quantidade do tempo, porém, graças às células de memória, no segundo contato há uma produção mais rápida e em um menor espaço de tempo.

O soro já é uma imunização passiva em que os anticorpos são injetados prontos, ou seja, não ocorre a produção de células de memória. É uma medida curativa.


Enzimas 

As enzimas são proteínas específicas que agem para um determinado substrato. São produzidas por todos os seres vivos. Elas possuem algumas funções, entre elas:

  1. Catalisadora biológica (faz com que as reações ocorram)

  2. Diminui a energia de ativação (quantidade de calor necessária para a reação)


Referência:

BIOLOGIA 2 – Coleção ANGLO– Ensino Médio.

Siga o Bertobio!
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Nos encontre também no Instagram!

@biologiaparaavida
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco