O dogma central da Biologia Molecular

Oi biologuínhos, tudo bem? No post de hoje falaremos sobre um assunto MUITO importante e que serve de base para que possamos compreender muitos processos que ocorrem na célula. O dogma central da Biologia Molecular se resume em: duplicação, transcrição e tradução do DNA.


Antes de falarmos de cada um desses processos, precisamos relembrar alguns pontos sobre DNA e sua importância. O ácido desoxirribonucleico, abreviado em inglês como DNA e em português como ADN, é a molécula de dupla hélice que contém a informação genética, isto é, a receita para produção de toda e qualquer característica do nosso corpo, desde a cor do nosso cabelo até a formação de células do pâncreas. Sendo assim, o DNA é nossa molécula central, aquela que fornece informação para produção de muitas proteínas que são utilizadas em diversos processos do nosso corpo.


O DNA tem capacidade de autoduplicação e isso ocorre por meio de um processo semi-conservativo em que a partir de uma molécula (que contém duas fitas) sejam formadas 2 novas moléculas (2 fitas cada uma), cada uma delas contendo uma fita da molécula inicial e outra que foi formada de forma complementar. Para compreender o processo de duplicação com maiores detalhes, clique AQUI! <3


Para que o processo de produção de moléculas seja facilitado, já que nos eucariotos o DNA é situado dentro de um núcleo super seletivo, a molécula de RNA é quem nos auxilia a copiar tais receitas para que tais moléculas sejam produzidas posteriormente. Logo, inicialmente, temos o processo de transcrição, momento em que o RNA entra no núcleo celular, se posiciona de forma complementar ao DNA e copia determinado gene, isto é, determinado segmento.


Após isso, tal RNA, denominado como "mensageiro" se encaminha para o citoplasma, em que se liga com o ribossomo, organela não membranosa responsável por ler tal receita e traduzir em uma proteína- esse processo, como já escrito anteriormente, é chamado de "tradução do DNA". O RNA transportador, por sua vez, atua trazendo aminoácidos até o ribossomo para que os mesmos sejam ligados e formem a proteína final.


Pronto, você, resumidamente, aprendeu o dogma central da Biologia Molecular, isto é, o processo que guia o entendimento de muitos outros e que é essencial a nível escolar ou acadêmico.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo