Morfologia e Sistemática de Criptogamas: Pteridófitas

Atualizado: Jul 6

• Vida terrestre;

• Mais evoluídas que as briófitas;

• Cormobiontas verdadeiras (plantas vasculares – apresentam xilema e floema)

• Possuem estômatos e epiderme com cera;

• Reprodução dependente da água;

• Existem pteridófitas sem folhas e pteridófitas com folhas que podem ser:

Folhas pequenas (micrófilos) Folhas grandes (macrófilos)


Termos sobre pteridófitas:


Esporófilos: folhas que transportam o esporângio na base;

Estróbilo: associação de vários esporófilos na extremidade dos ramos;

Trofófilos: folhas estéreis;

Articulação: ramificações nas regiões dos nós, no caule;

Feto/Báculo: arranjo particular de pteridófitas macrófilas;

Isoesporadas: esporos com o mesmo tamanho;

Heterosporadas: esporos com tamanhos diferentes;

Protalo: gametófito (n) que é bissexual;

Planta: esporófito (2n);

Anulos: células mortas em volta do esporângio (evolução do peristômio);

Indusio: proteção dos soros com a folha;


Reprodução:

Referência:

Aulas do professor João Carlos Nordi – Universidade de Taubaté (UNITAU)

0 visualização
Siga o Bertobio!
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Nos encontre também no Instagram!

@biologiaparaavida
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco