Microbiologia: Controle de micro organismos

Atualizado: Jul 14

Desinfecção (“desinfetante”): promove a diminuição da contaminação por formas vegetativas de superfícies inanimadas; Anti-sepsia (“anti-séptico”): promove a diminuição da contaminação por formas vegetativas de pele e mucosas;

Saneante: reduz a população microbiana até níveis seguros;

Germicida/Bactericida/Viricida/Fungicida: mata micro organismos;

Esterilização: mata todas as formas de vida. Pode ser realizada por meio da autoclave (alta pressão desnatura proteínas e realiza a dissolução de lipídeos), radiação gama ou por forno de Pasteur (oxida compostos celulares). A pasteurização também é uma forma de esterilização, porém é comercial e é seletiva quanto aos micro organismos.


AGENTES FÍSICOS

  • Temperatura: é a forma mais eficiente, pode se dar de duas formas: seco (forno de Pasteur) ou úmido (autoclave);

  • Radiação ultravioleta: danifica o DNA;

  • Radiação ionizante: gera radicais livres que podem atuar na membrana celular, proteínas e DNA;

  • Filtração: retém bactérias e fungos;


AGENTES QUÍMICOS

Células vegetativas de bactérias e vírus são mais fáceis de matar, enquanto que os mais difíceis são os esporos bacterianos.

  • Álcool: rompe membrana celular e desnatura proteínas;

  • Formaldeído (formol – 4 a 8%): muito eficaz;

  • Glutaraldeído: altera DNA, RNA e a síntese proteíca;

  • Fenol e compostos: triclosano (sabonetes);

  • Halogênios: iodo, cloro (hipoclorito de sódio, peróxido de hidrogênio (desnatura proteínas e rompe membranas));

  • Compostos quaternários de amônia: desnatura proteínas e rompe membranas;

Referência:

Aulas da Professora Mariko Ueno- Universidade de Taubaté

0 visualização
Siga o Bertobio!
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Nos encontre também no Instagram!

@biologiaparaavida
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco