Hereditariedade da cor dos olhos

Oi biologuínhos, tudo bem? Quem nunca ouviu ou, até mesmo, falou "poxa, queria tanto que meus olhos fossem azuis como os do meu pai/mãe/vó/vô..."? Eu mesma já disse isso inúmeras vezes, tendo em vista que meu pai tem um olho claríssimo e nenhum dos filhos receberam esse presente genético. Hoje nós vamos entender como ocorre a hereditariedade da cor dos olhos que, se tudo der certo, nos consolará quanto a cor de nossos olhos hahaha


Assim como a cor da nossa pele, a cor de nossos olhos é determinada de acordo com a quantidade de melanina em nosso olho e como eles estão dispostos (quanto mais para frente, mais escuro): pessoas com olhos azuis possuem uma menor quantidade quando comparado como os olhos verdes que, por sua vez, apresentam uma menor quantidade quando comparado com olhos castanhos.


Dois genes atuam na produção de melanina dos olhos, sendo eles o EYCL1-GEY e EYCL3-BEY. O primeiro, é constituído por dois alelos, um dominante e um recessivo, sendo o "olho verde" dominante, e o "olho azul" recessivo. Já, o EYCL3-BEY, é constituído pelo dominante que determina o "olho castanho" e o recessivo que determina o "olho azul", mas é importante destacar que o gene EYCL3-BEY é dominante sob o GEY, logo se a pessoa apresenta um alelo para olhos castanhos, ele já é o fenótipo expressado.


Como se essa última informação não fosse o bastante para favorecer os olhos castanhos, foi descoberto mais um gene em humanos que contribui para a cor castanha e ainda existem estudos que buscam outros genes, tendo em vista que isso é sim possível.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo