Fisiologia Vegetal: Célula vegetal

Atualizado: Jul 14

Fisiologia vegetal estuda os fenômenos vitais das plantas, envolvendo bioquímica, interações celulares e ambientais, biologia molecular e anatomia/morfologia vegetal.


A célula vegetal é constituída da seguinte maneira:

A parede celular é exclusiva dos vegetais, constituída de celulose, hemicelulose e pectinas. É permeável, isto é, tem afinidade com a molécula de água. Confere resistência mecânica à célula.

Já o vacúolo é responsável por armazenar água e também é uma exclusividade.

A membrana plasmática, por sua vez, é constituída de fosfolipídeos e proteínas, apresentando uma permeabilidade seletiva.

O plastídeos (organelas exclusivas) realizam o acúmulo de substâncias.

Já o peroxissomo, presente em células vegetais e animais, quebra o peróxido de hidrogênio (água oxigenada).

Glioxissomo realiza a β -oxidação de ácidos graxos de cadeia longa e o plasmodesmo é a ponte citoplasmática que liga as células vegetais.

Por fim, o simplasto realiza o transporte de substâncias via plasmodesmo e o apoplasto que realiza o transporte de substâncias via-extracelular.

Referências: Aulas da Professora de Fisiologia Vegetal da Universidade de Taubaté (UNITAU): Ana Almeida; Taiz, L.; Zeiger, E. Fisiologia vegetal. 5. ed., Artmed, 2013. 918 p.

0 visualização
Siga o Bertobio!
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Nos encontre também no Instagram!

@biologiaparaavida
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco