Estrutura dentária

Nunca falamos dos dentes por aqui e resolvi trazer esse conteúdo, afinal, são estruturas extremamente importantes e essenciais para nós: inclusive são eles que iniciam nosso processo de digestão mecânica, rasgando, amassando e triturando o alimento, fazendo com que haja maior superfície de contato para que as enzimas digestivas realizem seu trabalho.


Nossa dentição permanente é composta por 32 dentes, sendo eles incisivos, caninos, pré-molar e molar. Enquanto os incisivos cortam o alimento, os caninos perfuram e rasgam e os pré-molares e molares trituram.


Todo dente apresenta a raiz, que basicamente é a parte que está inserida no osso. Porém, apesar de todos apresentarem a raiz, ela aparece em número variável: 1, 2 ou até 3 raízes em um dente.


Outra parte importante é a coroa, que podemos definir como a parte exposta: é o dente que a gente vê quando olha no espelho!


A polpa do dente é onde se encontra os vasos sanguíneos e os nervos do dente, está localizada no centro. Já a dentina é responsável por envolver a polpa e se assemelha muito com a estrutura óssea. Por fim, temos o esmalte que envolve toda a dentina e é uma substância extremamente resistente (fosfato de cálcio).


Referência:

Biologia Net


0 visualização
Siga o Bertobio!
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Nos encontre também no Instagram!

@biologiaparaavida
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco