Embriologia

Oi biologuínhos, tudo bem? Hoje resolvi trazer um assunto muito básico em forma de um post para vocês: a embriologia. Sendo o ramo da Biologia que estuda o desenvolvimento embrionário, nesse post falaremos sobre alguns conceitos básicos que envolvem o desenvolvimento dos animais.


Tipos de ovos:

Antes de iniciarmos o estudo dos tipos de ovos, temos que entender o que é vitelo, já que o mesmo se encontra em todos os ovos. Vitelo é o material nutritivo que nutre o embrião.

Oligolécitos: ovo com pouco vitelo, distribuído igualmente em seu interior;

  • Poríferos, celenterados, equinodermos e mamíferos

Heterolécitos: ovo com quantidade mediana de vitelo;

  • Anfíbios


Telolécitos: ovo com muito vitelo.

  • Aves, répteis e peixes


Centrolécitos: ovo com vitelo em volta do núcleo/citoplasma.

  • Artrópodes


Tipos de segmentação ou clivagem:

São as sucessivas mitoses que formam o embrião.

Holoblástica (segmentação total):

  • Igual: os grupos que apresentam o ovo oligolécito realizam a segmentação total e igual;

  • Desigual: os grupos que apresentam o ovo heterolécito realizam a segmentação total e desigual;

Meroblástica (segmentação parcial):

  • Discoidal: os grupos que apresentam ovo megalécito realizam a segmentação parcial e discoidal;

  • Superficial: os grupos que apresentam ovo centrolécito realizam a segmentação parcial e superficial.


Desenvolvimento:

As fases do desenvolvimento embrionário geralmente se resumem em segmentação, gastrulação e organogênese. A segmentação é o momento em que ocorrem diversas divisões celulares, porém não gera um aumento considerável de tamanho do embrião, tendo em vista que é muito rápido e a célula não tem tempo para crescer. Já a gastrulação é o momento em que o há um aumento do volume e começa a acontecer o processo de diferenciação celular, formando os folhetos embrionários/germinativos que posteriormente formarão tecidos. E por fim, na organogênese, ocorre a diferenciação dos órgãos do embrião.

Folhetos embrionários/germinativos: Ectoderme- é a camada de células mais externa e é responsável pela formação do sistema nervoso, cavidades (boca, ânus e nariz) e epiderme e seus anexos. Mesoderme- camada de células intermediárias (entre a ectoderme e a endoderme) e é responsável pelo desenvolvimento dos músculos, ossos, sistema circulatório, reprodutor e etc. Endoderme- camada mais interna de células, forma a cavidade do sistema respiratório e do sistema digestório (fígado, pâncreas).


Referência:

Material ANGLO

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo