Ecologia de Ecossistemas: Conceitos Iniciais

Atualizado: Jul 14

Oi biologuínhos, tudo bom?! Voltamos com nossos posts universitários (uhu!) e esse é meu último ano de faculdade 🙁 Então vamos aproveitar todos os conteúdos da melhor forma!

Bom, quando falamos de “níveis de organizações”, temos:

E as definições clássicas são:

ORGANISMO: indivíduo que carrega um pool de genes de uma espécie | conjunto de sistemas orgânicos;

POPULAÇÃO: conjunto de organismos de uma mesma espécie que habitam no mesmo tempo e espaço;

COMUNIDADE: conjunto de populações de diferentes espécies;


ECOSSISTEMAS Pode ser definido em qualquer escala (não importa o espaço, pode ser qualquer um – por exemplo, a bromélia é considerada um microecossistema), todos seus níveis podem ser subsistemas da biosfera; Mecânica da Terra.


O ecossistema não muda muito, a comunidade sim (pois nela ocorrem processos de entrada, saída, aparecimento e desaparecimento). Podemos compreender o ecossistema como uma bola em movimento: tem uma dinâmica interna, forças que atuam no funcionamento interno e externo, podendo ajudar ou atrapalhar. Alguns aspectos importantes são a topografia (=relevo/ mudanças constantes), clima (maior força, escala global, altera toda a biota e, assim, altera o indivíduo), biota (novo solo promove a sucessão ecológica), ação humana e material rochoso (que forma o solo).


Podemos entender o ecossistema como um sistema ecológico “limitado” que consiste em todos os organismos em uma área e no ambiente físico com que interagem tanto processos bióticos, quanto à abióticos (e até mesmo, sociais no caso de ecossistemas urbanos). Segundo Odum (1983), o ecossistema é a unidade funcional básica da Ecologia.


• PRINCÍPIOS DAS PROPRIEDADES EMERGENTES Precisamos entender que quando novos componentes combinam-se para produzir sistemas funcionais de nível hierárquico superior, emergem novas propriedades, ausentes no nível inferior (ou seja, são independentes mas juntos formam um todo). Um ecossistema não pode ser definido a partir de um nível ou unidade.


ESTRUTURA ABIÓTICA: luz solar, temperatura, precipitação, água e nutrientes

ESTRUTURA BIÓTICA: produtor primário, decompositor, autótrofo e heterótrofo

FUNÇÕES: fluxo de energia, ciclagem de nutrientes, retro-alimentação

PROPRIEDADES: cibernética (energética), estabilidade, elasticidade e resiliência.


Ecossistema é um sistema aberto (apresenta ambiente de entrada e outro de saída) que necessita de matéria para sua construção e de energia para realizar atividades.

Referência: Aulas do Professor de Ecologia de Ecossistemas da Universidade de Taubaté (UNITAU): Cecilia Toledo;

0 visualização
Siga o Bertobio!
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Nos encontre também no Instagram!

@biologiaparaavida
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco