Compostagem: o que é?

Oi biologuínhos, tudo bem? Nosso post de hoje é um texto explicativo de uma prática que muitas pessoas estão realizando em suas próprias casas: a compostagem.


Basicamente a compostagem é um processo de decomposição acelerada por seres heterotróficos para obter material húmico rico em nutrientes. Esse material formado pode ser utilizado como um fertilizante natural e, inclusive, é muito potente e saudável para as plantas.


Esse processo ocorre em 3 fases principais. A primeira, também chamada de mesofílica, acontece a proliferação de fungos e bactérias que serão responsáveis por iniciar a decomposição do lixo orgânico em temperaturas próximas de 40ºC por aproximadamente 15 dias.


Após isso, inicia-se a fase termofílica, sendo a mais longa (até 2 meses de duração) e, como o nome sugere, as temperaturas dessa etapa são elevadas (65-70ºC), fazendo com que os fungos e bactérias termófilas consigam continuar o processo de decomposição.


Por fim, temos a fase de maturação, momento em que ocorre a estabilização, diminuindo a atividade do seres vivos e da temperatura. Ao final, aproximadamente depois de 1-2 meses, temos o produto: húmus- fertilizante natural sem toxicidade alguma.


Atualmente, muitas pessoas que estão tornando seus hábitos mais sustentáveis, tem adotado o processo em casa por meio de uma composteira. Ela é facilmente comprada pela internet e absolutamente todas as informações sobre o que pode ou não ir em seu interior está disposta em muitos sites. É incrível perceber que, por mais que muitas das nossas ações ainda sejam prejudiciais para nosso planeta, existem muitas pessoas tentando realmente aproveitar os benefícios da natureza num ciclo lindo.


Referência:

eCycle- O que é compostagem e como fazer











2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo