Como o aumento de temperatura impacta os polvos?

Oi biologuínhos, tudo bem?! No post de hoje falaremos de uma relação que raramente fazemos: entre animais que vivem na água e o aumento da temperatura global. Você já parou para pensar que essas mudanças climáticas podem atingir tais seres?! É sobre isso que estudaremos hoje!


Apesar de sempre associarmos o aquecimento global ao aumento da temperatura nos continentes, temos que lembrar que um dos efeitos mais conhecidos desse fenômeno é o aumento da temperatura da água dos oceanos.


Dentre as inúmeras consequências desse aumento, temos a acidificação da água, fato que muitas vezes contribui para a o branqueamento dos corais, assuntos que já abordamos aqui no blog (clique aqui para ler <3).


Em estudo recente, cientistas da Califórnia descobriram e relataram mais uma importante consequência desse aumento de temperatura sobre a fauna do oceano. Quando há uma elevação da temperatura, temos uma diminuição do volume de oxigênio presente no habitat, fato que pode prejudicar a visão de alguns animais, principalmente, invertebrados, como o polvo. Porém, além desse, muitos outros organismos também são afetados da mesma forma.


A visão desses animais pode ser reduzida entre 60% até 100%, porém, felizmente, quando os níveis de oxigênio são restaurados (e se isso chega a acontecer) a visão também é recuperada em parte, mostrando que tal dano, provavelmente, não é permanente em situações de curto prazo.


Sabemos que a visão é extremamente essencial para a busca por alimento, por abrigo e para evitar predadores, logo os próximos passos da pesquisa são baseados no comportamento desses animais que perdem parcialmente ou totalmente a visão, buscando compreender se sua sobrevivência é ameaçada.


Referência:

Exame: Mudanças climáticas podem cegar caranguejos e lulas, diz estudo

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo