Como analisar um heredograma?

Atualizado: Jul 7

Heredograma é um método muito eficaz de observar características genéticas e a hereditariedade. Vamos analisar com um heredograma retirado do site Só Biologia .


Suponhamos que estamos falando de uma doença recessiva (aa) e que organismos saudáveis podem ser AA ou Aa.

Iniciaremos a analise pelo primeiro casal (Indivíduos 1 e 2, da linha I):

Podemos perceber que o casal 1 e 2 é formado por uma mulher que possui a doença (logo, seu genótipo é aa) e um homem normal (podendo possuir o genótipo AA ou Aa). Seus descendentes (2, 3 e 4, da linha II) são normais, logo podemos confirmar que o genótipo do pai é dominante (AA), pois caso fosse heterozigoto (Aa) pelo menos um dos descendentes seria afetado pela doença.


Tendo em vista que estamos falando de um cruzamento de indivíduos puros, isto é, AA X aa, todos seus descendentes serão heterozigotos (Aa, em que o A virá do pai e o a, da mãe (relembrando que SEMPRE 50% da carga genética vem do pai e 50% vem da mãe)).


Agora vamos para a segunda etapa em que iremos interpretar os dados do segundo casal (1 e 2 da linha II)

Ao observamos o segundo casal, podemos ver que ambos são normais, porém que geraram um menino afetado. Como o pai (2) é Aa(como já descobrimos anteriormente), concluímos que a mãe tem que ser, também, Aa pois 50% da carga genética vem do pai e 50% vem da mãe, isto é, para ter um descendente aa, um a tem que ter vindo do pai e o outro, da mãe. O outro descendente pode ser tanto AA, quanto Aa, pois é normal.

A analise de um heredograma é um trabalho por etapas e que deve ser feito com muita atenção.

0 visualização
Siga o Bertobio!
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Nos encontre também no Instagram!

@biologiaparaavida
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco