Citologia: Biomoléculas/Composição química dos seres vivos (parte I)

Atualizado: Jul 6

Biomoléculas são moléculas formadas por bioelementos:

Bioelementos primários: carbono (C), hidrogênio (H), oxigênio (O), nitrogênio (N), fósforo (P) e enxofre (S) -> Constituem todos os nossos compostos orgânicos.

Bioelementos secundários: cálcio (Ca), magnésio (Mg), sódio (Na), cloro (Cl) e potássio (K) -> Auxiliam no organismo e podem variar em quantidade.

Bioelementos oligoelementos: lítio (Li), vanádio (V), cromo (Cr), manganês (Mn), molibdênio (Mo), ferro (Fe), cobalto (Co), zinco (Zn), estanho (Sn), alumínio (Al), boro (B), silício (Si), arsênio (As), selênio (Se), iodo (I) e flúor (F). Os seres vivos são constituídos por moléculas orgânicas, tais como carboidratos, ácidos graxos, proteínas e ácidos nucleicos, e inorgânicas, como sais minerais e água.


Água

  1. Componente mais abundante das células;

  2. Excelente solvente/meio de dispersão;

  3. Atua em reações químicas;

  4. Absorve e libera o calor lentamente;

  5. Altas temperaturas de fusão e ebulição;

  6. Mantém a homeostase (equilíbrio);

  7. Molécula unida por ligação covalente, com geometria angular;



É uma molécula dipolar: se liga com cátions e ânions;

A quantidade de água varia de espécie, tecido e idade.

Sais minerais

  1. Formam hormônios;

  2. Realizam transportes.

Não ionizados: Cálcio e Fósforo -> formam ossos e dentes (*a falta desses minerais causa osteoporose: “ossos porosos” devido a diminuição da densidade óssea, geralmente acompanhando a idade avançada).

Ferro -> constitui moléculas de hemoglobina (*a falta desse elemento causa anemia).

Iodo -> auxilia no hormônio tiroideano (*a falta desse elemento causa bócio, que é o inchaço da região da tireoide, e exoftalmia, “olhos saltados”).

Ionizados: K+, Mg+², HPO-², HCO3-, Na+, Cl- : manutenção do equilíbrio osmótico.

Mg, Cu, Co, I, Se, Ni, Mo, Zn: manutenção da atividade celular (auxiliam na atividade enzimática).

Ca++: constitui o esqueleto, atua na coagulação do sangue e na contração muscular.

Fe++: constitui a hemoglobina, atua na fotossíntese e na respiração celular.

PO4-³: constitui o esqueleto, ácidos nucleicos e a molécula de ATP.

K+, Na+, Cl- : participam da regulação osmótica da célula e atuam na transmissão do impulso nervoso.


Carboidrato

“É a energia química que circula na natureza.”

  1. Principal fonte de energia da célula;

  2. Componente estrutural (parede celular, exoesqueleto, tecido conjuntivo) ;

  3. Componente dos nucleotídeos;

  4. Auxilia em ligações químicas;

Monossacarídeos: carboidratos mais simples

Triose: C3H6O3 Hexose: C6H12O6

Tetrose: C4H8O4 Heptose: C7H14O7

Pentose: C5H10O5 Octose: C8H16O8


*Glicose: principal fonte de energia para a célula e principal unidade de formação da maioria dos açucares mais complexos (encontrada no sangue, mel, tecidos e vegetais)* *Frutose: fonte de energia para a célula (encontrada em frutas doces e esperma humano)*

Oligossacarídeos: de 2 a 10 monossacarídeos (2 monômeros de hexoses) Lactose = glicose + glicose Maltose = glicose + glicose Sacarose = glicose + frutose

Polissacarídeos: muitos monômeros de hexoses Amido: reserva nutricional vegetal Celulose: estrutural Glicogênio: reserva nutricional animal

Referência:

Aulas da Professora Marisa Cardoso – UNITAU

0 visualização
Siga o Bertobio!
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Nos encontre também no Instagram!

@biologiaparaavida
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco