Anatomia Vegetal de Espermatófitas: Tecidos Vegetais – Colênquima

Atualizado: Jul 13

Tecido de preenchimento, vivo e totipotente. Se origina no meristema fundamental e procâmbio (às vezes) e realiza suporte mecânico vegetal em estágio primário. Se localiza abaixo da epiderme em órgãos de crescimento (caule e pecíolo (feixes ou cilindros contínuos na superfície do córtex), folhas (nervuras) e raízes (quando expostas à luz, raro)). As células do colênquima são pequenas, poligonais, possuem paredes primárias espessas, não apresentam lignina, geralmente possui cloroplastos e se diferenciam das células parênquimáticas por terem parede celular desigualmente espessas e serem mais compridas.


TIPOS DE COLÊNQUIMA


Colênquima angular: espessamento nos ângulos na junção de 3 ou mais células;

Colênquima lamelar: deposição nas lamelas tangenciais;

Colênquima anular: nas paredes periclinais da célula, o lúmen (espaço intracelular) fica em formato de anel (circular);

Colênquima lacunar: em lacunas (deixa espaço intercelular).

Referência:

Aulas do Professor João Carlos Nordi – Universidade de Taubaté;

0 visualização
Siga o Bertobio!
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle

Nos encontre também no Instagram!

@biologiaparaavida
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco