Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquêmico e hemorrágico: quais as diferenças?

Oi biologuínhos, tudo bem?! No post de hoje resolvi trazer a tona um assunto que, infelizmente, vivenciei em 2019- sim, aos meus 19 anos tive um Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico. Como todo conhecimento é válido, resolvi transformar toda a situação em conteúdo para o blog, então vamos lá compreender as diferenças entre o isquêmico e o hemorrágico?!


Iniciando pelo Acidente Vascular Cerebral isquêmico, temos um quadro que ocorre, geralmente, quando há o entupimento de um vaso sanguíneo graças ao acúmulo de gordura ou por coágulos, impedindo o fluxo sanguíneo normal.


Já no Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico o caso é um pouco mais grave, em que além do entupimento, há o rompimento de um vaso sanguíneo ou artéria, promovendo o extravasamento de sangue.


Em ambos os casos, os sintomas e as consequências são variáveis e, em casos raros, pode não haver nenhuma sequela (como foi meu caso!). Se cuidem, o meu caso foi por coágulo, mas hábitos alimentares saudáveis e exercícios físicos são essenciais para evitar o acúmulo de gordura nos vasos e reduzem consideravelmente os riscos de um AVC.


Referência:

Viva Bem | Uol - Tudo sobre AVC



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo